Receba novidades em seu e-mail
OK
Área do usuário

Aparelho Circulatório

Aparelho Circulátorio, Como é contituído o aparelho circulátorio, Para que serve o aparelho circulatório.

O aparelho circulatório é constituído por um órgão muscular, o coração e vasos sangüíneos que permitem a circulação do sangue a todas as partes do organismo. O coração é um músculo formado por quatro bombas distintas: duas de preparação, os átrios; e duas bombas pressoras, os ventrículos. O coração está localizado no centro do tórax, entre os dois pulmões, em uma região que se chama mediastino. O tecido muscular que forma o coração é chamado tecido muscular estriado cardíaco, que é a sua camada média. A camada interna que forra o miocardio é chamada de endocardio. Há também uma membrana dupla que reveste o coração chamada pericárdio. O pericárdio é uma serosa, ou seja, uma membrana dupla com estrutura epitelial que protege o coração.

O coração está dividido em duas metades: esquerda e direita, cada uma delas subdivididas em duas câmaras. As câmaras superiores, os átrios; as câmaras inferiores, os ventrículos.

O Átrio funciona, em grande parte, como uma bomba primária (fraca) que aumenta aproximadamente 30% a eficácia dos ventrículos, como bombas. Entretanto o coração pode funcionar de modo bastante satisfatório, nas condições normais de repouso, sem esses 30% adicionais, por ter capacidade (normalmente) de bombear de 300% à 500% mais sangue do que é necessitado pelo corpo.

O Ventrículo, por sua vez, fornece a força principal que arremessa o sangue pela circulação pulmonar. Durante a sístole ventricular (Período de contração) grande quantidade de sangue se acumula nos Átrios, devido ao fechamento das válvulas. Coma conseqüência, tão logo termina a sístole e as pressões sistolicas começam a cair de volta a seus valores diastólicos (relaxamento ou dilatação), as pressões moderadamente aumentadas, nos Átrios promovem a abertura das válvulas permitindo o fluxo rápido de sangue para os ventrículos.

O Átrio direito comunica-se com o ventrículo direito pela válvula tricuspide; O Átrio esquerdo comunica-se com o ventrículo esquerdo pelo válvula mitral.

As válvulas são membranas que se achatam quando o sangue passa em um determinado sentido. As válvulas impedem o retorno do sangue dos ventrículos para os átrios durante a sístole, e as válvulas aortica e pulmonar impedem o retorno do sangue da aorta e da artéria pulmonar para os ventrículos durante a diástole. Todas essas válvulas se fecham e se abrem passivamente. Do lado esquerdo do coração só passa sangue arterial, rico em oxigênio, e do lado direito só passa sangue venoso, rico em gás carbônico.

A circulação sangüínea é a passagem do sangue através do coração e dos vasos. Podemos dividi-las em duas etapas: Pequena circulação ou circulação pulmonar e Grande circulação ou circulação sistêmica.

Na pequena circulação, o sangue venoso que chegou ao átrio direito passa para o ventrículo direito pela válvula tricuspide e, pela artéria pulmonar, é lançada aos pulmões. Depois de sofrer a hematose (transformação do sangue venoso em arterial, nos pulmões, ao contato com o oxigênio do ar respirado) nos pulmões, o sangue oxigenado torna-se outra vez arterial retornando ao átrio esquerdo. Em resumo é uma circulação coração – pulmão – coração.

Por Equipe Brasil Escola




Brasil Escola nas Redes Sociais